Clique para falar via WhatsApp

Clique para fale pelo Skype

Clique para falar com um corretor

Clique para acessar nosso Instagram

Clique para acessar nosso canal no Youtube

Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Para a maioria dos brasileiros, o financiamento imobiliário é a única alternativa para conquistar uma casa própria. Apesar dos altos e baixos da oferta de crédito, a operação bancária é o quem tem possibilitado que milhares de pessoas deixem o aluguel e invistam seu dinheiro em um bem próprio.

O problema é que o endividamento crescente no país cria obstáculos até mesmo para esta alternativa. Mas o que nem todo mudo sabe é que possível, sim, obter um financiamento para comprar um imóvel com o nome sujo por meio do Programa Minha Casa Minha Vida. Veja a seguir como fazer isso:

Restrição ao crédito

Primeiramente, é interessante compreender quais as situações que levam uma pessoa a ter o “nome sujo”. Nesses casos, os bancos não concedem nenhum tipo de crédito devido ao risco de não pagamento. Isso acontece quando:

Seu nome está inserido em cadastros de devedores

Quando você deixa de honrar um compromisso com uma loja, por exemplo, seu nome pode ser inserido em cadastros como o Serasa ou o SPC. Estes serviços são consultados por outras lojas onde você tenta efetuar uma compra com pagamento a prazo.

Você tem restrições no Banco Central

Se você passar um cheque sem fundos, você poderá ser registrado no CCF — Cadastro de Emitentes de Cheque sem Fundos. Os demais bancos que tem acesso a este cadastro poderão negar crédito.

Tem dívidas com a Receita Federal ou INSS

Isso ocorre quando você deixa de pagar algum imposto federal ou tem problema na declaração de Imposto de Renda.

Tem dívidas com o Estados ou municípios

Assim como no caso dos tributos federais, o não pagamento de impostos estaduais ou municipais também pode deixar o seu nome sujo, impedindo-o de tomar empréstimos ou realizar financiamentos.

Financiamento com o nome sujo

É por meio do Minha Casa Minha Vida que é possível obter financiamento imobiliário mesmo com o nome sujo. A chamada faixa 1 do programa, ou a Faixa de Interesse Social, permite que famílias de baixa renda financiem a aquisição da casa própria mesmo que tenham restrição de crédito.

Esta modalidade é destinada às famílias com renda inferior a R$ 1,6 mil. O subsidio concedido pelo Governo Federal pode chegar a 95% do valor da mensalidade. Isso porque o mutuário da faixa 1 só pode comprometer o equivalente a 5% dos seus rendimentos com o financiamento.

Para conceder o financiamento por meio da faixa 1 do Minha Casa Minha Vida o Governo Federal não realiza a análise de risco da operação. Assim, não há consulta aos órgãos de proteção de crédito.

Nome limpo para outras categorias do Minha Casa Minha Vida

O MCMV tem mais duas categorias de financiamento: a faixa 2, destinada às famílias com renda entre RR$ 1.601 e R$ 2.375, e a faixa 3, para famílias com renda entre R$ 2.375 e R$ 5.000. Em ambas, a análise de risco é realizada e o mutuário precisa ter seu nome limpo nos órgãos de proteção de crédito.

Agora que você já sabe que é possível comprar um imóvel com o nome sujo por meio de financiamento, que tal continuar acompanhando outras dicas sobre como conquistar o sonho da casa própria? Siga a gente no Facebook, Google +, Twitter, Youtube, Instagram, Flickr e LinkedIn e não perca nenhuma novidade!


Rua Professor Augusto Ruschi, Nº 3233, Esquina com Av. Luciano das Neves, Praia de Itaparica, Vila Velha - ESCEP 29102-065
Rua Henrique Moscoso, Nº 717, Ed. Vila Velha Center, Praia da Costa, Vila Velha - ESCEP 29100-021