Clique para falar via WhatsApp

Clique para fale pelo Skype

Clique para falar com um corretor

Clique para acessar nosso Instagram

Clique para acessar nosso canal no Youtube

Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

O começo da vida de todo casal é cheio de expectativas e descobertas. É tempo de fortalecer vínculos e perseguir metas conjuntas. Pode acontecer, entretanto, dos recém-casados escolherem morar com a sogra, seja por motivos financeiros ou de outra natureza.

Essa situação, se a princípio parece viável — e até mesmo vantajosa —, com o tempo tende a não ser a mais indicada.

Descubra 5 razões para deixar de lado a ideia de morar com os sogros e investir no seu próprio apartamento!

1. Ter liberdade

Poder ficar à vontade com quem você escolheu passar o resto da vida: essa liberdade você não vai ter se morar com a sogra. Veja que só o fato de estar na casa de familiares já limita o dia a dia do casal.

Quando se mora com outras pessoas, para tudo é preciso ter cautela. Senão, corre-se o risco de incomodar — ou ser incomodado.

Com isso, a liberdade do casal fica restrita às quatro paredes do quarto, o que pode acabar sendo sufocante. No seu apartamento, todos os ambientes são de vocês, que podem tocar a vida sem interferências.

2. Conquistar autonomia

Morar na casa dos sogros diminui a autonomia do casal, reduzindo suas oportunidades de amadurecer o relacionamento. Desse modo, quem decide morar com a família mesmo depois do casamento fica sujeito às regras que vigoram naquele espaço — ou seja, acaba vivendo de acordo com o ritmo de outras pessoas, em um ambiente que não é exclusivo dos dois.

Esse cenário é ruim para o casamento, que não evolui no sentido da autonomia. Ao contrário: mantém-se em uma relação de dependência. Já no lar do casal, quem estabelece as normas de convivência são vocês, passo fundamental para a autossuficiência.

3. Fazer seus próprios horários

Ter que seguir horários quando já se está casado é bem desagradável. Imagine que vocês saíram para aquela noitada, entraram tentando ser discretos mas acordaram os sogros.

Aí resta apenas respirar fundo e partir para as explicações, afinal, a casa é deles. Outra situação comum: vocês resolveram comer e já é madrugada. O barulho da cozinha acorda o pessoal e as reclamações começam.

Nada mais constrangedor, não é? Motivo de sobra para não querer repetir a dose e procurar deixar rapidinho de morar com a sogra!

4. Preservar a harmonia familiar

Pode até parecer contraditório, mas morar junto com os sogros é arriscar ver o bom relacionamento com eles ir por água abaixo. Fácil explicar: a rotina e os problemas que decorrem dela desgastam o relacionamento familiar. Isso não depende de muito tempo para acontecer, sendo comum poucos meses bastarem para o que era ótimo ficar insuportável.

Por isso, o ideal é cada um morar na sua própria casa, de modo que os encontros representem agradáveis momentos.

5. Poder arrumar a casa do seu jeito

Na casa da sogra, nada de mexer na disposição dos móveis ou fazer as alterações que você julga necessárias! Deixar tudo do jeito que você gosta e ter aquele conforto único, só mesmo quando você estiver no seu imóvel.

É fácil perceber, lendo as 5 dicas acima, que o ideal para quem acabou de descer do altar é ter um cantinho para chamar de seu. Além de todos os problemas evitados com a decisão de não morar com a sogra, comprar um imóvel é investir no futuro do casal. Então não espere mais e comece a planejar a compra de um apartamento para vocês!

Para saber como realizar essa meta, conheça as 5 dicas para otimizar as finanças e comprar um apartamento financiado!


Rua Professor Augusto Ruschi, Nº 3233, Esquina com Av. Luciano das Neves, Praia de Itaparica, Vila Velha - ESCEP 29102-065
Rua Henrique Moscoso, Nº 717, Ed. Vila Velha Center, Praia da Costa, Vila Velha - ESCEP 29100-021