Clique para falar via WhatsApp

Clique para fale pelo Skype

Clique para falar com um corretor

Clique para acessar nosso Instagram

Clique para acessar nosso canal no Youtube

Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

É muito comum que as mulheres deem a última palavra em diferentes momentos da vida do casal. Sua opinião é realmente importante nas escolhas e decisões. Mas vale a pena, quando se trata de escolher a casa própria, entender o motivo de a opinião feminina pesar tanto.

Na verdade, esse poder decisório das mulheres não chega a ser uma novidade. Tanto nas famílias mais tradicionais quanto nas mais liberais ou modernas, o fato sempre foi recorrente: a capacidade superior da mulher de tomar a frente em relação a certas coisas.

Então, veja por que a opinião feminina é tão importante na hora de optar pela casa dos sonhos!

A era da liberdade feminina

Vivemos em uma época de plena liberdade. No que se refere às mulheres, elas obtiveram muitas conquistas. Hoje, a mulher diz o que pensa, pode escolher entre muitas opções de trabalho, planeja seu futuro, casa-se com quem quer, frequenta as melhores universidades e, de modo geral, compete em nível de igualdade com o homem.

Isso abre maiores perspectivas para ela. A sociedade masculina está aberta para as ideias da mulher, para dividir espaço com ela, para aprender com ela e, juntos, compartilharem direitos e deveres.

A liberdade da mulher não a torna menos feminina. E é justamente por essas características que ela consegue se sobressair e revelar aptidões que o homem não possui.

A mulher pode ser uma excelente companheira e motivadora para o parceiro, inclusive quando se trata de escolher um imóvel para comprar.

A diferença entre a mulher do homem na hora de escolher a casa dos sonhos

Não são apenas características físicas que diferenciam o homem da mulher. A forma de pensar e sentir também são muito diferentes. Sendo assim, onde o homem falha, a mulher compensa com suas habilidades.

Um dos atributos femininos mais importantes é a capacidade de observar detalhes. Eles fazem toda a diferença na hora de comprar um imóvel. As mulheres observam, por exemplo:

  • Qualidade do acabamento (paredes, piso, etc.);
  • Metragem do imóvel;
  • Pormenores da decoração;
  • Detalhes da pintura;
  • Aspectos da estética em geral;
  • Localização geográfica.

De um modo geral, sua visão é mais aguçada e detecta pontos que um olhar menos concentrado não perceberia. Ela também é capaz de fazer projeções com mais facilidade que o homem, ou seja, de visualizar os móveis e eletrodomésticos já no imóvel, considerando o espaço que ocupam e se a casa em questão supre, de fato, essas necessidades.

Além do mais, de modo geral, a mulher é mais paciente que o homem. Isso é uma vantagem quando se trata de escolher realmente o melhor imóvel. Ela pesquisa e procura mais (o que comprova também seu potencial empreendedor) e gasta mais tempo observando o imóvel, avaliando se tudo está conforme o perfil de sua família. Ela considera todos os membros de sua casa, desde o marido e os filhos até outros que façam parte do grupo, como pais, tios, avós e mesmo bichinhos de estimação, sem falar nas visitas.

A presença marcante da mulher no cenário imobiliário atual

Por causa dessas qualidades, a mulher tem se revelado fundamental nas negociações imobiliárias. Segundo pesquisas, 60% das compras, sejam de casas ou apartamentos, são concretizadas somente após a aprovação da mulher.

Aproveitando esse fato, as construtoras estão usando estratégias para cativar ainda mais o público feminino, investindo em empreendimentos que oferecem, além de áreas já consagradas, como piscinas e jardins, estabelecimentos especiais, como salões de beleza, salas de massagem, academias de dança e pilates, SPAs diversos e assim por diante.

Em relação aos financiamentos imobiliários oferecidos pela Caixa Econômica Federal, as mulheres já representam total de 37%. Essa participação está ligada à complementação da renda familiar ou do marido, bem como os financiamentos que podem ser investimentos pessoais da mulher.

O poder de compra feminino é uma tendência no mundo todo. Nos Estados Unidos, por exemplo, no ano de 2012, as mulheres dominavam ou influenciavam 70% dos gastos de consumo no país.

A iniciativa feminina

Outro ponto que concorre a favor da mulher na hora de escolher a casa ou o apartamento é a iniciativa que ela tem de visitar o lugar para conferir se ele serve ou não. Se o homem não tem tempo ou disposição, ela arruma um tempo e vai. Para avaliar a futura morada de sua família, a mulher está sempre disposta.

Essa iniciativa favorece sua decisão no momento de escolher. Ela verifica as condições do imóvel e, depois, leva seu marido ou noivo, os pais, sogros e outros parentes para visitar o imóvel. De qualquer modo, ela já tem um parecer antecipadoe, como sua análise é sempre mais minuciosa, a decisão final depende muito dela.

Os itens procurados por uma mulher em um imóvel

Dificilmente, as escolhas da mulher trarão desgosto ao marido. A sua capacidade de observação e detalhismo garantem que todas as lacunas sejam preenchidas, de modo a não causar problemas futuramente. Se nem tudo pode ser preenchido no momento, ela prioriza e escolhe de acordo com as necessidades mais urgentes e valiosas.

Geralmente, na escolha de um imóvel, a mulher considera critérios como:

  • Segurança;
  • Praticidade;
  • Lazer;
  • Economia.

Apesar de, em regra, ser o homem o mais preocupado com o valor do imóvel, a mulher também exerce muita influência nessa etapa da compra. Devido ao seu potencial de considerar os mínimos detalhes, o sexo feminino costuma ser bastante calculista e, por isso mesmo, não é raro que muitas mulheres se projetem no mundo das finanças.  Dessa forma, o preço do imóvel também é analisado pela perspicácia feminina, que consegue identificar o melhor custo-benefício para o casal.

Atualmente, a maior parte das mulheres trabalha fora e, como costumam ser organizadas, elas desejam um imóvel que ofereça praticidade para não perderem tempo com manutenção e organização do lar.

A segurança é fundamental para a mulher, que sempre considera os filhos como fator principal nesse quesito.  A segurança envolve boa localização, ruas menos movimentadas, área fechada de lazer e coisas do tipo.

Está procurando a casa dos sonhos? Quem toma a iniciativa de visitar o imóvel? Já encontrou algum que satisfaz as necessidades do casal? Deixe seu comentário!


Rua Professor Augusto Ruschi, Nº 3233, Esquina com Av. Luciano das Neves, Praia de Itaparica, Vila Velha - ESCEP 29102-065
Rua Henrique Moscoso, Nº 717, Ed. Vila Velha Center, Praia da Costa, Vila Velha - ESCEP 29100-021